sexta-feira, 6 de junho de 2008

8ª Feira Camponesa é encerrada hoje com sucesso

Dados da organização apontam que mais de 200 toneladas de produtos foram comercializados

A equipe técnica da Comissão Pastoral da Terra - formada por engenheiros agrônomos e técnicos agrícolas - levantou hoje, dia 06 de junho, os dados oficiais da 8ª Feira Camponesa. Os dados relatam a origem, a diversidade e a quantidade de produtos comercializados pelos feirantes. A 8ª Feira Camponesa começou nessa última quarta-feira, dia 04 de junho e vai ser encerrada hoje.
Alimentos produzidos nos assentamentos e acampamentos assessorados pela CPT nas quatro regiões do Estado foram comercializados no evento, somando um total de 206, 57 toneladas. De acordo com os dados oficiais da organização, a maioria dos feirantes vem do litoral. São 45,45% do litoral, 40,90% da zona da mata, 9,09% do sertão e 4,54% do agreste. Em relação aos produtos, a maior parte vem dos assentamentos da zona da mata. Foram comercializadas 96 variedades de produtos, desde frutas, verduras, legumes, plantas medicinais, animais a artesanatos. Cerca de 80% dos alimentos são dos assentamentos – áreas já conquistadas na luta pela reforma agrária. Segundo Cícero Adriano, engenheiro agrônomo da CPT, “os dados da feira mostram que há produção no campo e que a reforma agrária é viável”.
Carlos Lima, coordenador estadual da CPT afirma que “apesar desse período não ser de grande produção - diferente de outubro, quando será a 9ª edição - a Feira se consolidou enquanto espaço da agricultura camponesa”. A organização lamenta que o Estado ainda não absorveu a importância da Feira e apoio é mínimo diante da relevância do evento.
Neste último dia de atividade, a CPT agradece a participação da população que tem acolhido as Feiras na cidade, colaborando com a preservação e a valorização da cultura camponesa e com a reforma agrária em Alagoas.

Comissão Pastoral da Terra de Alagoas
Maceió, 06 de Junho de 2008.

Nenhum comentário: