sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Começa a Semana da Pátria em Alagoas

A abertura da Semana da Pátria aconteceu ontem, às 15h, no auditório da OAB, com a presença de autoridades e lideranças populares do Estado. Depois das explanações dos presentes na mesa, houve um momento de intervenções do público presente acerca da exclusão social e da importância do Grito dos Excluídos. A caminhada vai acontecer este ano na próxima sexta-feira, dia 05 de setembro de 2008, com concentração às 8h na Praça Deodoro, localizada no Centro de Maceió.

Mais informações acerca do Grito dos Excluídos no site: http://www.gritodosexcluidos.org/

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Abertura oficial da Semana da Pátria acontece hoje

Semana que antecipa o Grito dos Excluídos vai discutir exclusão social e Direitos Humanos

Está chegando o dia em que se comemora a Independência do Brasil, 7 de setembro. Hoje, dia 28 de agosto de 2008, acontece a abertura da Semana da Pátria, que culmina no conhecido Grito dos Excluídos. Esse 14º Grito, com o tema “Vida em Primeiro Lugar, Direito e Participação Popular”, inspira-se na Campanha da Fraternidade do corrente ano - “Escolher, pois, a vida” - apelando para o respeito aos Direitos Humanos. O protesto, diferente dos anos anteriores, não vai acontecer dia 07, mas sim, dia 05 de setembro.
A Semana da Pátria inicia-se com um debate entorno do tema do Grito, coordenado pelo Dr.Delson Lira com a participação de autoridades que discutem Direitos Humanos no Estado, às 15h, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), localizada no Centro de Maceió. Às 19h será realizada uma “Missa pela paz” na Catedral Metropolitana com debate entre autoridades sobre a violência no bairro de Salvador Lira.
De acordo com o membro da organização, Henrique Santos, da Comissão Pastoral da Terra (CPT), durante a semana “os sindicatos, movimentos e pastorais sociais pretendem debater a exclusão social e a negação dos Direitos Humanos. Esse ano completamos 20 anos da Constituição de 88, na qual alguns Direitos Humanos foram garantidos, mas não são respeitados”.
O Grito dos Excluídos foi criado para denunciar a ilusão da Independência do Brasil. Ele denuncia o contrário: o país não é livre e o povo continua oprimido. Mas reflete também que a população brasileira ainda luta por uma sociedade justa, fraterna e igualitária. O Grito é a voz do povo trabalhador que sofre com o desemprego, taxa de juros, fome e violência em um país onde o latifúndio é maior que as leis, desrespeitando a vida humana.

*Segue o Convite com a programação abaixo.

Maiores informações:
Henrique Santos (CPT) – 9127-5044 / Pe. Rogério (Coordenador das Pastorais Sociais) – 9916-2556
CONVITE

Convidamos toda a sociedade civil a se fazer presente à Abertura Oficial da Semana da Pátria, que marcará o início de uma série de atividades que culminará no Grito dos Excluídos/as que tem como tema este ano “A Vida em primeiro lugar – Direitos e Participação Popular”.
Neste evento primeiro debateremos com autoridades convidadas a exclusão do povo alagoano nos direitos inalienáveis aos seres humanos. Esperamos contar com a presença de todos vocês.


DATA: 28/08/2008 (quinta-feira)
LOCAL: Auditório da OAB – Praça Montepio – Centro de Maceió.
HORAS: 15h


PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DA PÁTRIA:
Dia 28/08 – 15h Abertura Oficial com debate entre autoridades e sociedade no auditório da OAB – Centro, Maceió/AL; Exposição de abertura: Dr. Delson Lira.
18h Missa da Paz na Catedral Metropolitana e logo após debate entre autoridades sobre a violência no bairro do Salvador Lira.
Dia 30/08 – 14h Atividades coordenada pela Pastoral das Favelas na escola Brandão Lima no bairro do Bom Parto. Eixo do dia: Ouvir os Gritos
Dia 31/08 – 09h Atividades a ser realizada pela catequese arquidiocesana no Colégio Nossa Senhora do Amparo no bairro do Farol. Eixo do dia: “Intensificar o trabalho de base”.
Dia 02/09 – 15h Sindicatos farão atividade no antigo Produban – Centro de Maceió. Eixo do dia: Controle Social e Popular.
Dia 03/09 – 14h na Livraria Paulinas: Cáritas, Pastoral da Criança e das Pessoas Idosas. Eixo do dia: Projeto Popular – Poder Popular
Dia 04/09 – Atividade coordenada pela CPT Movimentos Sociais de Luta no Campo (MLST, MTL, MNMTR, MMC e MST) durante todo o dia em Maceió, nas praças Sinimbú e Faculdade. Eixo do dia: Soberania Nacional.
Dia 05/09 – CAMINHADA DO 14º GRITO DOS EXCLUÍDOS/AS no Centro de Maceió. Concentração às 8h na Praça Deodoro.
Dia 06/09 – 15h Grito dos Excluídos/as no município em Messias;
Dia 07/09 – Grito dos Excluídos em Murici.

Pe. Rogério Madeiro

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Prefeitura de Belo Monte desocupada: reivindicações dos camponeses atendidas!

Uma audiência aconteceu sexta-feira, dia 22 de agosto, na prefeitura do município de Belo Monte (AL). O local estava ocupado desde o dia anterior por camponeses que exigiam melhorias na condição de vida no acampamento Velho Chico, onde residem. Estavam presentes o prefeito Robério Barbosa e seu assessor e 6 acampados/as acompanhados pela advogada da CPT, Lana Mendes.
Durante a reunião, Barbosa garantiu atender todas as reivindicações: Construção de estradas (deve começar até o dia 20/09); serviço de saúde (resolver a questão dos agentes de saúde na área, como também a presença de médico uma vez ao mês para atendê-los no local até 20/09); Cadastro do Leite das crianças (até o dia 30/08); 2 tubos de lona e 50 cestas básicas (entrega imediata); e por último, o pagamentos dos fretes de transporte das idas/vindas durante a ocupação.
Por fim, os tubos de lona e as cestas básicas não puderam ser entregues na prefeitura devido ao processo eleitoral. Mas foram distribuídos no próprio acampamento na tarde de sábado, dia 23 de agosto.


Maiores informações:
Lana Mendes (advogada da CPT) – 9968-4260 / Cícero Marcos(coordenador da CPT no sertão) – 9922-7791 / Carlos Lima (coordenador estadual da CPT) – 9327-5773

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Camponeses acompanhados pela CPT ocupam prefeitura de Belo Monte

Ontem, quinta-feira, dia 21 de agosto de 2008, aproximadamente 30 pessoas ocuparam a prefeitura do Município de Belo Monte - sertão de Alagoas – por volta das 9h. Na manhã de hoje, outros camponeses chegaram para fortalecer a mobilização.
Os trabalhadores rurais decidiram manter a ocupação até que o prefeito – que não estava no local - compareça para discutir suas reivindicações, garantindo não danificar qualquer material ou documento público. Eles exigem energia e construção de uma estrada para melhorar o acesso ao acampamento; a visita de agente de saúde na área; 50 cestas básicas; 2 tubos de lona e; o “cadastro do leite”. Este último se trata de um programa do Governo Estadual de doação leite para atender as crianças carentes.

Os camponeses são do acampamento Velho Chico, o qual este ano recebeu certificado da Comissão Pastoral da Terra devido à sua excelente organização e disciplina. Os acampados estão há mais de quatro anos à espera da transformação da área em assentamento através da aquisição da terra pelo Incra.

Maiores informações: Cícero Marcos(coordenador da CPT no sertão) – (82) 9922-7791 / Lana Mendes (advogada da CPT) – (82) 9968-4260 / Carlos Lima (coordenador estadual da CPT) – (82) 9327-5773

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Ação de cidadania com mulheres camponesas aconteceu em Murici

A ação de cidadania com as mulheres camponesas acompanhadas pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) e do Movimento de Mulheres Camponesas (MMC) aconteceu pela terceira vez na última quinta-feira, dia 14 de agosto de 2008. O primeiro evento aconteceu em São Miguel dos Milagres; o segundo, em Água Branca e; este último, em Murici. Ao todo mais de 700 mulheres e crianças já participaram da atividade que lhes garantiu um dia de acesso a direitos fundamentais.
Em Murici, o evento começou pela manhã, com palestras sobre DST/AIDS, combate à dengue e acerca das substâncias psicoativas (drogas), as mulheres tiraram fotografia para emissão de Carteira de Trabalho e fizeram exame de sangue e alguns exames íntimos, como glicose capilar. Enquanto isso, as crianças participaram de atividades recreativas e assistiram um teatro de marionete sobre exploração infantil no Ginásio próximo à Escola Estadual Governador Lamenha Filho – onde foi realizado o evento. À tarde as camponesas assistiram uma palestra sobre a violência contra mulher e a Lei Maria da Penha, ministrada pela professora Maria Aparecida, da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).
O evento é realizado em parceria da CPT, MMC e com a
Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos do Governo de Alagoas.

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Índios Xucuru-Kariri exigem negociação com fazendeiro

Os índios Xukuru-Kariri da comunidade Monte Alegre, localizada na zona rural de Palmeira dos Índios, receberam mais uma ameaça contra sua permanência na terra. O antigo proprietário, ex-político indiciado pela Polícia Federal, Val Basílio, acompanhado de um funcionário, visitou ontem as instalações da aldeia Monte Alegre declarando que havia uma liminar no Ministério Público e que a saída dos indígenas daquela região seria questão de poucos dias. As lideranças da comunidade já estão em contato com o Ministério Público e vão hoje, a partir das 15h, à sede da Fundação Nacional do Índio em Maceió, para cobrar providências.
O cacique Chiquinho vem à Maceió acompanhado de outras lideranças trazendo, entre outros, um documento assinado pelo próprio Val Basílio se dispondo a negociar com o Governo Federal as terras em questão. Desde março deste ano, a comunidade passou por um duro processo de luta pela terra, deixando a periferia de Palmeira dos Índios onde viviam, tendo passado pela fazenda Buenos Aires e pela Sementeira da cidade para finalmente chegar ao Monte Alegre, área inclusa no mapeamento da Funai para terras de demarcação.
Outro ponto de reivindicação dos Xukuru-Kariri Monte Alegre é a liberação dos 500kg de sementes diversas destinados à comunidade, que já estão em poder da Funai, mas ainda não foram entregues. Desde que retomaram a extensão de terra denominada Monte Alegre, os indígenas já começaram o cultivo da terra, com apoio do Grupo Agro Ecológico da Ufal, que cedeu alguns equipamentos.
Outras informações:
Rafael Soriano 33255529 / 99168547
Cacique Chiquinho - 99433919