terça-feira, 30 de setembro de 2008

Camponeses ocupam o INCRA exigindo estrada em assentamento

Os camponeses do Assentamento Santa Maria Madalena, localizado nos municípios de Joaquim Gomes e União dos Palmares, ocupam na manhã de hoje (30/9) a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) em Alagoas.

A ocupação é um desdobramento do bloqueio da BR101 ocorrido no dia 18 de setembro de 2008, que reivindicava reforma agrária e estradas nos 13 assentamentos acompanhados pela Comissão Pastoral da Terra (CPT). Os trabalhadores rurais decidiram entrar no INCRA, porque este – desde o início do ano – havia afirmado que o processo de licitação para a construção da estrada está aberto, porém, a CPT verificou que não está.

Por falta de estrada, as 68 famílias, que estão há cerca de 2 anos assentadas, não conseguem escoar sua produção. Elas temem perder as verduras e legumes produzidos na horta coletiva de um hectare que está sendo implantada. Além da dificuldade de levar os alimentos para a comercialização, existem outros problemas graves, como a dificuldade de acesso à educação e saúde. Quando uma criança fica doente, pode chegar a falecer por não ter meios de ser levada ao atendimento médico. O único transporte seria o lombo de animal.

Recentemente, um garoto teve pneumonia e só pôde ser atendido porque a equipe da CPT foi de carro traçado visitar o Assentamento. O menino foi levado para Joaquim Gomes e trazido para Maceió de ambulância, onde ficou internado durante cinco dias.


 

Maiores informações:

Carlos Lima (Coordenador Estadual da CPT) – (82) 9127-5773
Jailson Tenório (Coordenador da CPT na Zona da Mata) – (82) 9127-2364

Nenhum comentário: