sexta-feira, 19 de junho de 2009

Incra e DER assinam convênio para recuperação de estradas


Antes da execução da obra, será feito trabalho de emergência para viabilizar o escoamento da produção dos assentados



Os assentamentos Jubileu 2000 e Quilombo dos Palmares, no município de São Miguel dos Milagres, a 60km de Maceió, serão beneficiados com obras de recuperação de estradas e construção de pontes no valor de R$ 410 mil.

Em reunião na tarde da última quarta-feira (17), lideranças e técnicos da Comissão Pastoral da Terra (CPT) foram comunicados da celebração de um convênio entre o Incra e o Departamento de Estradas de Rodagem de Alagoas (DER) para a realização de trabalhos de infraestrutura em diversos assentamentos do estado, incluindo alguns da região Norte.

No fim da manhã, uma comissão de assentados já tinha sido recebida pelo superintendente do Incra, Gilberto Coutinho. Nessa reunião, o secretário de Agricultura do município, João Brás, anunciou que a Prefeitura irá colaborar com o Incra e o DER nas ações emergenciais para a retomada do tráfego na área afetada pelas chuvas do último fim de semana.

As 72 famílias dos dois assentamentos estão ilhadas desde o dia 13 deste mês. Duas pontes foram destruídas na cheia. As estradas de acesso estão com o tráfego de veículos interrompido em vários pontos. Outras comunidades rurais do município também estão na mesma situação.


As obras

O diretor-presidente do DER, Messias Costa, e o ouvidor agrário do Incra, Marcos Bezerra, apresentaram a proposta de convênio para a construção de três pontes de seis metros e uma ponte de dez metros, as principais da região, e para a construção de uma estrada de nove quilômetros, que liga o assentamento Jubileu 2000 ao centro da cidade. A minuta do convênio está sendo analisada pela área jurídica das instituições. Incra e DER preveem que as obras deverão ter início apenas no verão.


Escoamento da produção


Antes da execução dessa obra, os órgãos farão um trabalho de emergência para a regularização do tráfego. A prefeitura deverá decretar estado de emergência até o início da próxima semana, depois de cumprir as exigências legais. O secretário informou que pretende reivindicar recursos oriundos do Governo Federal para os municípios atingidos pelas enchentes.

De acordo com informações do diretor do DER, engenheiros do departamento serão enviados ao local para avaliar a situação e decidir, com a prefeitura, que trabalho pode ser feito de forma emergencial para liberar as estradas. Messias Costa argumentou que o mais importante será o convênio, que, segundo ele, trará solução definitiva para o problema da região.

José Cícero da Silva, o Saúba, agricultor familiar que participou da reunião no Incra, disse que os trabalhadores estão sem condições de comercializar seus produtos. “Estamos ilhados, mas sabemos que com o trabalho de emergência vamos poder voltar à normalidade”, explicou. Ele se mostrou esperançoso com o convênio. “Com a construção das pontes e da estrada vamos dar um grande passo para melhorar tudo nas áreas de assentamento da cidade”.


Fonte: Ascom MDA

Nenhum comentário: