terça-feira, 14 de julho de 2009

Educadoras de assentamentos passam por curso de capacitação


Por: Helciane Angélica - jornalista



Nos dias 03 a 06 de julho foi promovido o Encontro de Formação do Programa Brasil Alfabetizado na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais no município de Santana do Mundaú, zona da mata alagoana. A Comissão Pastoral da Terra de Alagoas (CPT-AL) esteve representada por cinco educadores e um coordenador estadual.

O encontro serviu para proporcionar a integração entre os professores que atuam em assentamentos da reforma agrária e de comunidades quilombolas, que participaram de grupos de trabalho, apresentações sobre ações desenvolvidas em cada localidade e receberam as orientações fornecidas pelo Ministério da Educação (MEC).

Segundo Henrique Santos, sociólogo e presidente da CPT-AL que acompanhou toda a atividade, os educadores que atuam nas escolas itinerantes participam dessas atividades desde 2001 e vem apresentando uma desenvoltura cada vez melhor. "Na verdade, nossos educadores terminaram contribuindo para o enriquecimento do encontro e passaram informações valiosas para aqueles que estavam começando suas atividades", declarou.


Representantes da CPT-AL:


ACAMPAMENTOS

1. Bota Velha (Murici):
Professora Madalena Cândido / 1 turma / 19 alunos

2. Boa Viagem (Olho D´água do Casado):
Professora Katiane Rocha / 2 turmas / 28 alunos no total


ASSENTAMENTOS

3. Padre Emílio April (União dos Palmares)
Professora Cleide da Silva / 1 turma / 21 alunos

4. Dom Helder Câmara (Murici)
Professora Josefa Maria / 1 turma / 12 alunos

5. Irmã Doroth Stang (Porto de Pedras)
Professor José Walmir / 2 turmas / 28 alunos no total

Nenhum comentário: