segunda-feira, 20 de julho de 2009

Trabalhadores rurais participam de ato em Maceió


Por: Helciane Angélica - jornalista / CPT-AL


Na última sexta-feira (17.07), cerca de 200 trabalhadores que recebem acompanhamento da Comissão Pastoral da Terra se uniram aos servidores públicos de diversas categorias e lideranças sindicais em um ato público pelas ruas do centro de Maceió.

Os manifestantes reivindicam o reajuste salarial e protestam contra a volta dos taturanas - deputados estaduais presos na Operação Taturana, realizada pela Polícia Federal (PF), que apontou o desvio de cerca de R$ 300 milhões dos cofres da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE).

O ato também marca o histórico dia 17 de julho de 1997, que culminou com o afastamento do então governador do estado, Divaldo Suruagy. A data tornou-se um símbolo de luta, onde as lideranças se unem todos os anos para reivindicar seus direitos.







Nenhum comentário: