quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Camponeses do litoral norte festejam 25 anos da CPT


O ano de 2009 é de celebração para a Comissão Pastoral da Terra em Alagoas, que luta pelos direitos das famílias camponesas para terem direito a produzir na terra, ter água e dignidade humana



Por: Helciane Angélica - Jornalista/CPT


Nesta quinta-feira (29.10) os trabalhadores rurais que residem no litoral norte, realizarão uma ação comemorativa dos 25 anos da Comissão Pastoral da Terra em Alagoas. Cerca de 300 pessoas irão participar da atividade que terá início às 8h, no povoado da Laje no município de Porto de Pedras, com uma missa de ação de graças a ser celebrada pelo Padre Alex Cauchi.

A partir das 9h30, todos os participantes saíram em cortejo até a cidade de São Miguel dos Milagres munidos de faixas e bandeiras. Nos quase 13 km de caminhada, serão entoados cânticos utilizados em romarias e que abordam a luta pela reforma agrária, nas paradas estratégicas acontecerão alguns depoimentos dos agricultores, e no encerramento terá um almoço coletivo.

Segundo a religiosa Cícera Menezes, coordenadora da área, a programação foi definida em conjunto com os assentados e serve para celebrar as conquistas alcançadas. “
Para nós essa ação é para dizer que valeu a pena esses 25 anos da CPT aqui em Alagoas e só vem confirmar a luta que nós temos em defesa das famílias camponesas. Para mim, essa não é apenas uma missão cristã e sim cidadã”, afirmou.

Atualmente no litoral norte alagoano existem oito acampamentos e já foram reconhecidas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra-AL) cinco áreas como assentamentos, acompanhados pela CPT, são eles: Jubileu 2000 e Quilombo dos Palmares no município de São Miguel dos Milagres; Irmã Doroty Stang e Padre Alexsander Cauchi em Porto de Pedras; e Margarida Alves II em Maragogi.

Nenhum comentário: