quarta-feira, 19 de maio de 2010

Congresso Nacional desenvolve análises de conjunturas

Os participantes se espalharam no centro do Ginásio Esportivo e nas arquibancadas para prestigiar as palestras


Texto e fotos: Helciane Angélica - Jornalista/ CPT-AL


O segundo dia do III Congresso Nacional da CPT foi reservado para a atualização de informações sobre as análises de conjunturas, aprofundamento das discussões e a fila do povo, onde os trabalhadores rurais e agentes fizeram suas intervenções e propostas.

Nesta terça-feira, foram convidados três assessores: César Sanson que desenvolveu a reflexão crítica sobre a conjuntura sócio-política; Carlos Walter destacou o fortalecimento do capitalismo e suas consequências para a preservação do meio ambiente; e Benedito Ferraro que fez a análise eclesial.

Para a assentada e aniversariante desta terça-feira, Marinalva Celestina da Conceição, do Flor do Bosque localizado em Messias, o Congresso está apresentando uma ótima infra-estrutura. “Estou achando tudo muito bom desde o início, a qualidade da comida, dormitório e as palestras foram bem escolhidas. E também porque a gente ainda tá conhecendo muitas pessoas e aprendendo mais”, declarou. Ela comemorou seus 50 anos em pleno congresso, e no alojamento, os companheiros de várias delegações a parabenizaram e se confraternizaram.

Marinalva é mãe de sete filhos e tem onze netos, em seu lote ela mora com mais três pessoas em uma casa de alvenaria, água encanada e energia elétrica. Está produzindo milho, macaxeira, feijão de corda, limão, coco, maracujá, mamão, abacaxi e a criação de algumas aves (galinha, peru e codorna).

Nenhum comentário: