terça-feira, 8 de junho de 2010

12ª Feira Camponesa é aberta nesta quarta-feira

Há sete anos o projeto é executado pela Comissão Pastoral da Terra, que traz um pedaço do campo para o coração de Maceió.


Por: Helciane Angélica - Jornalista/CPT-AL
Foto: arquivo


A partir das seis horas da manhã desta quarta-feira (09.06), as 100 barracas da 12ª Feira Camponesa estarão abertas na Praça da Faculdade em Maceió para vender produtos de qualidade a preços justos. A atividade é uma das mais importantes da Comissão Pastoral da Terra (CPT-AL) e conta com o apoio da instituição alemã Misereor e do Governo de Alagoas.

Durante todo o dia, os visitantes poderão comprar alimentos livres de agrotóxicos como: feijão de corda, batata doce, macaxeira, inhame, banana, laranja, limão, cana caiana, abacaxi, coco, melancia, abóbora, mamão, coentro, couve, alface, chuchu, cebolinha, fava, milho, amendoim, dentre outros. Também terá a venda de animais, mel, doces e artesanato oriundos dos acampamentos e assentamentos da reforma agrária do litoral norte, sertão e zona da mata.

A expectativa dos organizadores é comercializar cerca de 200 toneladas. “A feira demonstra a necessidade dos governos investirem nas famílias camponesas, que são responsáveis pela diversidade da produção dos alimentos colocados na mesa dos alagoanos. Há sete anos estamos proporcionando a integração entre o homem do campo e a cidade, e essa ação é bem aceita pela sociedade”, declarou Carlos Lima, coordenador estadual da CPT.

A solenidade oficial de lançamento acontecerá às 16h com a mística de abertura, os pronunciamentos das autoridades e convidados, além da homenagem póstuma ao ex-Governador de Alagoas Luís Abílio de Souza, primeiro gestor estadual que acreditou no potencial da Feira Camponesa e ampliou a valorização da produção agrícola nas áreas da reforma agrária. Por volta das 19h, iniciam as atrações culturais que impulsionam os artistas locais, e na primeira noite as atrações são: a toada sertaneja, o Trio Nó Cego e o grupo Malaquias do forró.


RÁDIO CAMINHO DA ROÇA

Com uma infra-estrutura diferenciada comparado aos demais eventos desta natureza, a feira camponesa possui vários atrativos como a casa de farinha onde é feita de forma artesanal a farinha e o beiju; o restaurante camponês com refeições nordestinas; e a exposição fotográfica sobre a luta das famílias camponesas de Major Isidoro, no sertão alagoano.

Pela segunda vez, terá a instalação da rádio-poste Caminho da Roça, que traz programas diversos das 7 às 17h, com notícias, entrevistas e músicas. No primeiro dia do programa “Café Camponês” que será apresentado pelo jornalista Carlos Madeiro das 7h45 às 8h30, tem como convidada Alessandra Costa, Superintendente Adjunta do Incra-AL, que enfatizará os créditos destinados aos trabalhadores rurais. O evento segue até sexta-feira e é aberto ao público, prestigie!

Nenhum comentário: