quinta-feira, 19 de agosto de 2010

CPT realiza Feira Camponesa no bairro do Pinheiro

O projeto Feira Camponesa Itinerante conta com o apoio da Coordenadoria Ecumênica de Serviço, fortaleceu-se e será desenvolvido em outros bairros de Maceió


Por: Helciane Angélica - jornalista / CPT-AL
Foto: Arquivo


Nos dias 20 e 21 de agosto, das 6 às 20h, a Comissão Pastoral da Terra de Alagoas em parceria com a Igreja Batista do Pinheiro e a Paróquia Menino Jesus de Praga, com o apoio da Coordenadoria Ecumênica de Serviço (Cese) realiza mais uma edição do projeto Feira Camponesa Itinerante. A atividade acontecerá em frente à Igreja Batista do Pinheiro e busca vender alimentos livres de agrotóxicos, com preços acessíveis para a comunidade e que foram cultivados em acampamentos e assentamentos.

Segundo Heloisa Amaral, engenheira agrônoma e coordenadora da equipe técnica que passam orientações às famílias camponesas ligadas à CPT para melhorar a produção agrícola, as feiras camponesas itinerantes buscam ampliar o escoamento da produção agropecuária, além de evitar a ação dos atravessadores. No local estarão 15 barracas comercializando: banana, laranja, melancia, feijão, coco, inhame, macaxeira, milho, batata doce e mel do sertão – oriundos das áreas da reforma agrária na zona da mata, como: Bota Velha, Santa Cruz, Dom Helder Câmara áreas acompanhadas pela CPT; Pacas, Eldorado dos Carajás e Zumbi dos Palmares de outros movimentos rurais. Além disso, também será instalada uma barraca organizada por educadoras do campo e uma casa de farinha, que fornece farinha de qualidade e o beiju quentinho.

Tradicionalmente a Feira Camponesa é realizada duas vezes ao ano, nos meses de junho e outubro, na Praça da Faculdade em Maceió. O formato itinerante possibilita um contato ainda mais próximo com a população, rompendo os preconceitos com os trabalhadores rurais e sem-terras, que trazem uma variedade de produtos e com qualidade. Essa é a terceira vez que é realizada, as duas primeiras foram no bairro do Salvador Lira, e outras paróquias e associações já fizeram convites para sediarem as próximas etapas, que acontecerão a cada três meses.

Nenhum comentário: