quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Ufal tem maior número de urnas para o Plebiscito

Acadêmicos do Campus de Maceió, Arapiraca, Palmeira dos Índios e Penedo estão sendo mobilizados


Texto e fotos: Helciane Angélica - Jornalista/CPT-AL


A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) é o local com maior quantidade de urnas no Estado para garantir a votação do Plebiscito Popular pelo Limite da Propriedade da Terra. Ao todo são 14 urnas espalhadas nos Campus de Maceió, Arapiraca, Palmeira dos Índios e Penedo.

A mobilização vem sendo desenvolvida por aproximadamente 60 acadêmicos que fazem parte do Diretório Central dos Estudantes (DCE) em parceria com o Grupo Estudantil Além do Mito, o Diretório Acadêmico de Comunicação Social e os centros acadêmicos de Medicina, História, Biologia, Serviço Social, Direito, Nutrição, Letras e Economia.

De acordo com o estudante de Comunicação Social e Coordenador Geral do DCE-UFAL, Esio Melo de Andrade, a recepção dos estudantes sobre a importância do Plebiscito é bem aceita, a maioria deles acha interessante e não se nega a participar. “A gente acredita que os estudantes devem votar, porque a concentração de terras não é apenas um problema do campo, e sim, de toda a sociedade. Nós precisamos fortalecer a agricultura familiar, o pequeno agricultor, ter mais alimentos e igualdade para todos. Só com o Plebiscito podemos mudar a atual realidade”, destacou.

Os voluntários já fizeram várias atividades de conscientização e para incentivar a participação popular, como: debates nas unidades do interior; exibição de documentário e bate-papo no Restaurante Universitário; Seminário de Serviço Social sobre a questão agrária; além da confecção de um panfleto de divulgação produzido pelo DCE, que informa sobre os blocos onde estarão às urnas. Juntos, eles pretendem atingir cerca de 3000 votantes.

Nenhum comentário: