quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Teo Vilela participa da Rádio Caminho da Roça

O candidato ao Governo de Alagoas foi o entrevistado do programa Café Camponês na rádio-poste instalada na Feira Camponesa, que possui uma programação variada


Por: Helciane Angélica - Jornalista/CPT-AL


O candidato ao Governo de Alagoas, Teotonio Vilela (PSDB) participou na manhã desta quinta-feira (14.10) da Rádio Caminho da Roça, instalada na 13ª Feira Camponesa, na praça da Faculdade em Maceió. Ele participou do programa de entrevistas Café Camponês, que é apresentado pelo jornalista Carlos Madeiro.

Dentre os temas abordados estiveram os investimentos na infra-estrutura dos assentamentos da reforma agrária; a sua opinião favorável ao plebiscito nacional pelo limite da propriedade da terra; a construção do canal do sertão que irá; e suas propostas para o próximo governo e o seu intuito de ampliar o diálogo com os movimentos rurais.


Quero melhorar o acesso à água potável, saúde e educação nos assentamentos da reforma agrária e isso será uma das prioridades em nosso Governo. Algumas áreas foram escolhidas para fixar os assentamentos de maneira aleatória, e muitos agricultores sofrem com as deficiências na infra-estrutura. Eu tive a oportunidade de conhecer os sem-terra, os assentamentos e conheço a realidade deles. Eu acredito na reforma agrária e respeito quem trabalha na terra!”, afirmou Teo Vilela.

Após a entrevista o candidato foi visitar a feira, cumprimentou os agricultores e tomou o café da manhã no restaurante camponês da Feira Camponesa, que é um dos projetos mais expressivos da Comissão Pastoral da Terra (CPT-AL) e busca ampliar o escoamento da produção agropecuária, além dialogar com a sociedade sobre a importância da reforma agrária.


Ronaldo Lessa

A assessoria do Ronaldo Lessa (PDT) confirmou a presença do candidato ao Governo de Alagoas no programa Café Camponês para esta sexta-feira, das 7h30 às 8h30. Devido a fortes dores na coluna, ele não pôde comparecer na terça-feira e pediu para remarcar. Essa será a oportunidade de aprofundar suas propostas quanto ao desenvolvimento agrário, projetos para apoiar as famílias camponesas, o incentivo da produção agropecuária nas áreas da reforma agrária; e assistência técnica.

Nenhum comentário: