segunda-feira, 4 de abril de 2011

Educadoras do campo na reta final para a implantação do projeto CESE

Estiveram presentes na Feira da Esperança e da Solidariedade, as professoras Madalena de Oliveira, Edcleide Silva e Lidiane Candido


Texto e fotos: Helciane Angélica - Jornalista/CPT-AL


Nos dias 1° e 2 de abril, no Mirante ao lado da Igreja São Gonçalo, ocorreu mais uma edição da Feira da Esperança e da Solidariedade em Maceió-AL, uma promoção da Arquidiocese de Maceió. As educadoras do campo participaram da atividade para captar recursos financeiros que contribuirão nas ações sócio-educativas e culturais com crianças de acampamentos da reforma agrária.

Camponeses dos assentamentos Rio Bonito e Santa Maria Madalena, além dos acampamentos Santa Cruz e Bota Velha – áreas da reforma agrária acompanhadas pela Comissão Pastoral da Terra em Alagoas (CPT-AL) – doaram os alimentos que foram comercializados: macaxeira, abóbora, pimenta, mel, banana e melão.

Até o final deste mês será oficialmente implantado o projeto “Cultivando música, cultivando arte, cultivando a vida camponesa” (n°17952) aprovado no Programa Ação para Crianças, da Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE). Ainda será realizada uma rifa de uma bicicleta no dia 20 de abril, além de um bingo camponês com vários brindes no próximo dia 29.

O projeto será permanente e direcionado para crianças a partir dos seis anos, além de jovens e mulheres. Serão desenvolvidas aulas de teatro, flauta doce e artesanato em acampamentos da zona da mata alagoana.

Nenhum comentário: