sexta-feira, 1 de abril de 2011

Variedade de Alimentos destaca-se na Feira da Esperança e Solidariedade

Texto: Helciane Angélica - Ascom/CPT-AL
Fotos: Helciane Angélica e Heloisa Amaral


A população do bairro do Farol e adjacências, além dos turistas que forem hoje (1º/abril) até o Mirante ao lado da Igreja São Gonçalo vão se deparar com uma diversidade de alimentos oriundos de acampamentos e assentamentos da reforma agrária que são acompanhados pela CPT, MST, MLST e MTL.

Desde as primeiras horas desta sexta-feira, acontece a Feira da Esperança e da Solidariedade, uma iniciativa da Arquidiocese de Maceió que acontece sempre no primeiro sábado de cada mês, mas que agora, conta com a parceria dos movimentos do campo para mostrar à sociedade o trabalho das famílias comprometidas na luta da reforma agrária em Alagoas.

Na feira, estão sendo comercializados: macaxeira, inhame, batata doce, mel do sertão, abóbora, ovos de capoeira, farinha, feijão, feijão de corda, pimenta, rapadura, pé de moleque, tapioca, beiju, artesanato, galinhas; além de verduras e frutas diversas (banana, goiaba, abacate, pinha, carambola, cajá, mamão, seriguela, maracujá, jaca, limão, pitomba e manga).

O padre Rogério Madeiro, Coordenador das Pastorais Sociais, esteve presente na abertura da feira e deu a benção aos feirantes, além de parabenizá-los pela diversidade agrícola apresentada. Também fez questão de afirmar o apoio da Arquidiocese na luta pela reforma agrária e justiça social.

Nenhum comentário: