segunda-feira, 30 de maio de 2011

CPT prestigia homenagem ao Clero Alagoano

Por: Helciane Angélica – Jornalista/CPT-AL



Na última sexta-feira (27.05), a Câmara Municipal de Maceió homenageou três importantes lideranças do Clero Alagoano. A sessão solene ocorreu no Teatro do Colégio Marista, no bairro do Farol, na capital alagoana. Foram entregues o título de cidadão honorário para o Monsenhor José Augusto Silva Melo, o Cônego João José de Santana Neto e o Arcebispo Dom Antônio Muniz, que além do título de cidadão maceioense, também, recebeu a Comenda Selma Bandeira.

A solenidade foi proposta pelos vereadores Fátima Santiago, Galba Novaes e Marcelo Malta. Estiveram presentes outros vereadores, deputados estaduais, secretários municipais e estaduais, autoridades de vários segmentos, representantes das pastorais sociais, religiosas, padres, estudantes e integrantes da Fazenda Boa Esperança e da Casa Bethânia.

O coordenador estadual, Carlos Lima, representou a CPT-AL na atividade e prestigiou os homenageados. Em relação ao Arcebispo que encontra-se na Arquidiocese de Maceió desde o dia 04 de fevereiro de 2007, afirmou que ele é realizado um grande pastoreio e tem sido um defensor dos direitos das famílias camponesas.

Dom Antônio Muniz trouxe a Igreja de volta para se relacionar com os pobres da sociedade, além de criar as soluções para resolver esses problemas, a exemplo, dos drogados, os moradores de rua e tantos outros excluídos. Em relação à luta dos camponeses, sempre esteve presente nas romarias e apóia a reforma agrária. Recentemente, declarou publicamente o apoio aos acampados de Bota Velha, que vivem há dez anos no local e estão sendo ameaçadas de despejo. Enfim, é um pastoreio digno e que prega uma Igreja Samaritana que se preocupa com os caídos”, destacou Carlos Lima.

Confira algumas imagens.



Mesa de honra

Público diversifcado
Carlos Lima e Padre Rogério Madeiro - Coordenador das Pastorais Sociais

Homenageados ao lado dos vereadores

Nenhum comentário: