quarta-feira, 13 de julho de 2011

Assentadas realizam encontro sobre ervas medicinas

A ação é uma continuidade das atividades de formação executadas com camponesas da zona da mata, que também pretendem investir em hortas, artesanato e compotas de doces


Por: Helciane Angélica - Jornalista/CPT-AL


Ilustração
Nesta sexta-feira (15.07) a partir das 14h, acontecerá uma reunião sobre plantas medicinais no Assentamento Flor do Bosque no município de Messias, que é acompanhado pela Comissão Pastoral da Terra em Alagoas. Essa ação é uma continuidade do último Encontro de Mulheres Camponesas da Mata Norte, promovido em março deste ano sobre “A mulher e a agroecologia”.

Esse novo encontro tem como objetivo aprofundar o conhecimento sobre plantas medicinais como: cidreira, capim santo, citronela, sambaicaitá, aroeira, hortelã-grossa e hortelã-miuda. As explanações serão repassadas pela assentada e técnica agrícola, Maria Cavalcante, que fez um curso nesta área promovido pelo Movimento de Mulheres Camponesas (MMC), em 2009, no Estado de Sergipe.

Após o processo de formação, as assentadas farão remédios caseiros a partir das plantas medicinais para as próprias famílias e para utilizar nos animais. Pretende-se produzir pomadas, xarope, elixir e sabonetes com ervas. Essas assentadas e de outras áreas, também, investirão na produção de artesanato, horta e compotas de doces, que contribuirão para o fortalecimento na geração de renda.

Flor do Bosque
O assentamento Flor do Bosque é um símbolo de resistência e foi a primeira ocupação coordenada pela CPT-AL. Ao todo são 13 anos de permanência nas terras que pertenciam à falida usina Bititinga I – a ocupação ocorreu no dia 27 de novembro de 1998 e a terra só foi destinada aos sem-terra oito anos depois. Atualmente, vivem 35 famílias camponesas no local, que produzem: macaxeira, inhame, banana, maracujá, feijão, cana caiana, entre outros; além de terem uma pequena criação de galinhas, patos e perus.


Mais informações: (82) 9333-8606 / 9126-1532

Nenhum comentário: