terça-feira, 20 de março de 2012

CPT inicia a sua 23ª Assembleia premiando Desembargador por se destacar na luta do campo


Desembargador recebendo o Prêmio Dom Helder Câmara das mãos dos camponeses. Foto: Lana Mendes

O Desembargador Tutmés Airan recebeu o Prêmio Dom Helder Câmara da Comissão Pastoral da Terra (CPT) na manhã desta terça-feira, 20, durante a cerimônia de abertura da 23ª Assembleia Estadual. O Prêmio é um reconhecimento da CPT para as personalidades que se destacaram na defesa na luta pelo campo.

“O trabalhador do campo precisa ser representado, principalmente no que se diz respeito à justiça”, destacou o Tutmés durante o recebimento do prêmio. Atualmente o Desembargador é representante do Poder Judiciário no Comitê de Conflitos Agrários em Alagoas.

A premiação que ocorreu na abertura da 23ª Assembleia da CPT, que ocorre até o próximo dia 23, também concedeu certificados aos acampamentos Bota Velha (Murici), por sua resistência ao mandado de desapropriação expedido pela Vara Agrária, em favor da Usina Santa Clotilde, e Nossa Senhora Virgem dos Pobres (Major Isidoro), pela sua organização interna, enquanto acampamento.

Participam da assembleia cerca de 150 camponeses, acompanhados pela CPT. Além de participarem da premiação, concedida ao Desembargador, e a certificação aos acampamentos, os trabalhadores rurais também debateram a situação política, local e nacional,  no que se diz respeito as políticas públicas de Reforma Agrária, ministrada por Josival Oliveira, do Movimento de Libertação dos Sem Terras (MLST).

Agenda da CPT

Após a Assembleia, os trabalhadores rurais se deslocaram para Maceió, onde participarão, no dia 23, às 9h de uma reunião com a superintendente do Incra, Lenilda Lima, e as 15h com o Governador de Alagoas, Teotonio Vilela.

Nenhum comentário: