terça-feira, 12 de junho de 2012

Alimentos da roça, aves e caprino serão ofertados em mais uma Feira Camponesa


CPT/AL

Nem mesmo a seca que assola o nordeste brasileiro, em especial Alagoas, será motivo de desistência para os trabalhadores rurais de 19 assentamentos e acampamentos, acompanhados pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), realizarem mais uma edição da Feira Camponesa. Em sua XVI edição, a Feira Camponesa, que já é tradição nos meses de junho e outubro, reunirá 83 barracas na Praça da Faculdade, localizada no bairro do Prado, em Maceió, entre os dias 14 e 16 de junho.

Banana, feijão, feijão de corda, fava, milho, abóbora, manga, ovos de capoeira, galinhas, ovelhas, além do mel do sertão, e, segundo Heloísa Amaral, coordenadora técnica da CPT, serão encontrados na feira a partir das 6h da manhã. A expectativa dos camponeses é que sejam comercializados mais de cem toneladas de alimentos, frutos da reforma agrária, durante os três dias de evento.

A noite, durante a programação cultural, haverá shows com a banda Nó Cego, Pinóquio do Acordeon e em comemoração ao centenário de Luiz Gonzaga, show com Zé Mocó. E na sexta terá também o tradicional bingo do carneiro.

“A abertura oficial da Feira Camponesa ocorrerá na quinta (14) e se dará com o café camponês, às 8h. Já o encerramento ocorrerá no sábado por volta do meio dia, onde os camponeses desarmarão as barracas, isso se ainda restar alimentos até lá”, destacou Carlos Lima, coordenador da CPT/AL.

Nenhum comentário: