quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

“Superou todas as nossas expectativas”

Feira Camponesa Itinerante vende 25 toneladas de alimentos e encerra ano com chave de ouro

Comunidade recebeu 30 feirantes 

A população do conjunto do Santo Eduardo, Poço, acolheu com muito carinho os camponeses e as camponesas que lutam por terra em Alagoas. Durante os dias 28, 29 e 30 de novembro, a Feira Camponesa Itinerante gerou uma grande movimentação na Praça Dênis Agra, com a comercialização de alimentos e a promoção de eventos culturais.
Contando com o apoio da Comunidade Nossa Senhora da Assunção, a Feira superou todas as expectativas e vendeu 25 toneladas de alimentos saudáveis e com sabor de justiça social. 30 feirantes dos acampamentos e assentamentos acompanhados pela Comissão Pastoral da Terra (CPT/AL) vindo do Sertão, Zona da Mata e Litoral foram mobilizados para a garantia do sucesso do evento.
Camponês Hélio Gomes exibe a abóbora do Sertão

O camponês Hélio Gomes, assentado no município de Água Branda, 300 km de Maceió, trouxe mel, abóbora, galinha caipira, mamão, quiabo, entre outros alimentos e afirmou que busca oferecer o melhor que produz à população. “Gosto sempre de vir à Maceió, somos muito bem recebidos. E o povo daqui gosta da Feira, pede até para realizarmos toda semana”, afirmou o trabalhador que relatou receber diversos pedidos como esse.
Atendendo as solicitações da população, a coordenação da CPT decidiu ampliar o número de feiras para o ano de 2014, realizando, além das duas grandes Feiras Camponesas na Praça da Faculdade, mais seis Feiras nos bairros. “Levaremos o projeto para outras comunidades. Onde quer que a gente vá, a Feira Camponesa é sempre um sucesso”, afirmou Heloísa Amaral.
Tapioca fez sucesso na Feira
Outro marco importante da Feira é levar um pouco da autêntica cultura do campo para a cidade. E, na noite da sexta-feira (29), a população lotou a praça para ver as apresentações culturais.
O grupo “Mandacaru” foi o primeiro a se apresentar. Vindo do Clima Bom, trouxe alegria e inovação no Coco-de-Roda para a Feira que assistiu a juventude dançar o folclore de Alagoas. E encerrando a noite, o Forró Nó Cego fez a população interagir e dançar o autêntico pé-de-serra.


A CPT agradece a todo povo trabalhador de Maceió que recebeu as Feiras Camponesas em 2013. Em especial, a Igreja Católica, suas paróquias e comunidades, e a Igreja Batista do Pinheiro, parceiras responsáveis pela consolidação das Feiras Itinerantes.



Nenhum comentário: