sexta-feira, 13 de junho de 2014

Futebol, música e alegria marcam o primeiro dia da 20ª Feira Camponesa



O sol nem tinha nascido e os camponeses já estavam prontos para abraçar o maceioense em mais uma Feira Camponesa. O primeiro dia da 20ª Edição do evento, 12 de junho, foi marcado por uma grande presença do público que se dirigiu à Praça da Faculdade para adquirir alimentos saudáveis, vibrar com os gols do Brasil e dançar na animada noite de festa.

Com uma presente decoração junina, essa é sem dúvidas uma das mais bonitas e organizadas Feiras já realizada pela Comissão Pastoral da Terra. “Preparamos um bonito evento para agradar aos olhos de toda a população. A ornamentação está bela, mas a qualidade dos alimentos é o mais encantador”, afirmou Heloísa Amaral, agrônoma da CPT e responsável pela Feira.

Ainda na manhã de ontem, foi realizada a abertura oficial que contou com a presença de Izac Jackson, representante da CUT, Lenilda Lima, superintendente do INCRA, Josival Oliveira, coordenador do MLST, representante do Governo de Alagoas e dos camponeses acampados e assentados nas áreas de reforma agrária no Estado de Alagoas.


Já no turno da tarde, a expectativa para o jogo do Brasil era grande. Camponeses, garis e a população em geral paralisaram seus trabalhos e lotaram a tenda do Restaurante Camponês para, durante 90 minutos, assistirem ao primeiro jogo da Copa da FIFA. 

“Comemoramos juntos a vitória do Brasil sobre a Croácia, mas a maior vitória que o Brasil pode dar aos camponeses é fazer a Reforma Agrária. Falta infraestrutura e melhores condições de vida no campo. É preciso democratizar as terras para virar o jogo”, afirmou Carlos Lima, coordenador da CPT.

O primeiro dia de Feira foi encerrado ao som de Forró Nó Cego e Kleber Canto, fazendo os presentes dançarem e se divertirem.  

Nenhum comentário: