quarta-feira, 5 de novembro de 2014

27ª Romaria da Terra e das Águas será dias 8 e 9 de novembro


O município de Jacuípe, palco da luta cabana do século XIX, receberá, nos dias 8 para o dia 9 de novembro, a 27ª Romaria da Terra e das Águas. Com o tema “Da rebeldia cabana à resistência camponesa”, os romeiros e romeiras seguirão em caminhada de Canafístula em direção ao assentamento Boa Vista, um percurso de 8 Km.

A Romaria relembra o êxodo do povo hebreu, libertando-se da opressão no Egito, em direção à terra prometida e é realizada anualmente pela Arquidiocese de Maceió, pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), pelas Comunidades Eclesiais de Base (CEB´s) e, neste ano, pela Paróquia São Caetano de Thiene de Jacuípe.  

“A caminhada, a busca, a luta são elementos essenciais para transformar a dura realidade. A presença de Deus é constante nas lutas legítimas que visam alcançar o bem-comum. Convoco, com a alegria do evangelho, o clero, as religiosas, os movimentos, as pastoreis, para que participem conosco deste ato de fé, na cidade cabana de Jacuípe”, convidou o arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz.

Da rebeldia cabana à resistência camponesa

Os cabanos foram apresentados pela história oficial como um levante oposto ao período regencial, que se organizou e lutou, com o uso das marmas de fogo, pela volta de Do Pedro I ao trono. Muito mais do que isso, a luta dos cabanos (1832 a 1835) reuniu índios aldeados, negros que fugiam dos açoites dos engenhos, brancos e mestiços pobres que buscavam na zona da mata sul de Pernambuco e no norte de Alagoas um espaço para viver. 

A sua luta era por território e contra a escravidão. Eles eram chamados cabanos porque viviam em cabanas (moradias humildes) e em Jacuípe travaram uma importante luta contra os senhores de engenhos que queriam avançar seus canaviais e ampliar seus poderes.

A resistência camponesa, que ainda hoje há na região e em todo o Brasil, se faz necessária para acabar os latifúndios e democratizar a terra do país para haver melhores condições de vida para todo o povo.

Serviço:
27ª Romaria da Terra e das Águas
Dias 8 e 9 de novembro
Local: Jacuípe/AL

Programação:
20h - Acolhimento dos Romeiros e Romeiras;
20h45 – Exibição do Filme “O veneno está na mesa”;
21h50 – Momento Cultural;
23h – Celebração da Santa Missa;
00h30 – Saída da Romaria da comunidade Canafístula;
2h – 1ª Parada. Reflexão: A rebeldia canana;
3h30 – 2ª Parada. Reflexão: A resistência Camponesa;
4h30 – Chegada ao Assentamento Boa Vista;
5h – Café da manhã e retorno dos romeiros e romeiras.

Nenhum comentário: