sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Grito dos Excluídos convoca movimentos sociais para irem às ruas no 7 de setembro



A independência do Brasil, comemorada com desfiles militares no dia 7 de setembro, não representou inclusão social e autonomia do país frente ao capital internacional. Para denunciar as injustiças e os males existentes no Brasil, os movimentos sociais, há 21 anos, tomam as ruas com o Grito dos Excluídos.

Em Alagoas, a marcha dos excluídos do campo e cidade será realizada dia 7 na Avenida da Paz, com concentração a partir das 7 horas, em frente ao Clube Fênix. Organizada pelas Pastorais Sociais da Arquidiocese de Maceió, CPT, CUT, MST, MLST, PCR e UP, a atividade pretende reunir cerca de mil pessoas.

O tema deste ano é A vida em primeiro lugar e, no estado mais violento do país, os movimentos sociais afirmam que não há paz com extermínio, criticando o aumento do número de mortes por agentes policiais em Alagoas.

“Há deliberadamente mais assassinatos durante as ações policiais em Alagoas. Isso é mudar a lei do país, instituir a pena de morte com julgamento instantâneo PM e sem direito à defesa”, afirmou Carlos Lima.

O Grito dos Excluídos leva às ruas o lema “Que país é este, que mata gente, que a mídia mente e nos consome”, onde aponta a necessidade de unir os oprimidos para construir um país diferente, sem o extermínio da juventude negra nas periferias, sem corte de direitos, com democratização da mídia e justiça social.

Sobre o Grito

O Grito dos excluídos surgiu no Brasil, em 1994, e se consolidou como um espaço sempre aberto e plural de pessoas, grupos, entidades, igrejas e movimentos sociais comprometidos com as causas dos excluídos.

Seu objetivo é valorizar a vida e anunciar a esperança de um mundo melhor, construindo ações a fim de fortalecer e mobilizar pessoas para atuar nas lutas populares e denunciar as injustiças e os males causados por este modelo econômico liberal e excludente, ocupando ruas e praças por liberdade e direitos.

Serviço
Grito dos Excluídos
Dia: 7 de setembro de 2015
Local: Avenida da Paz
Concentração às 7 horas em frente ao Clube Fênix

Maiores informações:
Carlos Lima - 99137.6112

Nenhum comentário: