segunda-feira, 7 de março de 2016

Feira acontece em solidariedade ao trabalho pastoral



Entre os dias 10 a 12 de março, a Praça da Faculdade estará ocupada de alimentos saudáveis. A Feira de produtos da reforma agrária, acontece, desta vez em solidariedade à Comissão Pastoral da Terra e busca angariar recursos para o trabalho de acompanhamento e formação nas áreas assistidas pela Pastoral.

O evento contará com Casa de Farinha, shows noturnos, restaurante e bar Comida da Roça e uma grande diversidade de alimentos vindos do litoral, sertão e região da mata. Todo ele, é fruto de doações de camponeses, camponesas e amigos da CPT. Sua comercialização será realizada por agentes pastorais e voluntários.

“Os camponeses doaram banana, macaxeira, inhame, hortaliças, batata-doce e muitos outros alimentos para contribuir com a presença da Pastoral junto aos povos da terra e das águas”, disse Heloísa Amaral, coordenadora da Pastora da Terra. Heloísa explicou que a Feira só é possível graças agricultores que reconhecem a importância do trabalho pastoral e ofereceram alimentos de suas roças para que se converta em dinheiro para a CPT.

Apoiando a luta pela democratização da terra e por justiça social, os artistas Guilla Gomes, Pinóquio do Acordeon e Anderson Fidellis, assim como a confraria: nós, poetas, decidiram se apresentar nesse evento solidário. As apresentações noturnas ocorrerão na quinta-feira e na sexta-feira, a partir das 19 horas.

O bar e restaurante da feira funcionará com cardápio para o almoço e o jantar, oferecendo comida da roça. Carneiro, rabada, buchada, galinha de capoeira e pato, acompanhados de fava e feijão verde, são as opções durante o dia. Pela noite, caldinho de mocotó, macaxeira com carne de sol, caldinho de macaxeira e de massunim, cuscuz de massa puba e de milho, batata, inhame, entre outros.

Sobre a CPT

Com a missão de “Ser uma presença solidária, profética, ecumênica, fraterna e afetiva, que presta um serviço educativo e transformador junto aos povos da terra e das águas”, a CPT acompanha hoje 663 famílias em 15 comunidades na região da mata, 335 famílias em 10 comunidades no litoral norte e 364 famílias em 11 comunidades no sertão.

Entre suas principais ações, realiza Feiras Camponesas ao longo do ano, promovendo a comercialização dos produtos da reforma agrária; é parceira do Movimento de Educação de Base no projeto de alfabetização de 1200 camponeses em Alagoas; organiza o jejum da solidariedade na véspera da semana santa; convoca as Romarias da Terra e das Águas; e atua na luta pela democratização das terras e por justiça social.

Em 2016, dois eventos serão realizados para dar apoio a esse trabalho, essa Feira da solidariedade e, em agosto, a janta italiana promovido pela associação Pachamama de Torino, Itália.

Serviço
Feira solidária à Pastoral da Terra
Dias: 10 a 12 de março de 2016
Local: Praça da Faculdade (Afrânio Jorge) - Prado
Horário: 6 horas às 22 horas (sábado encerra às 12 horas)

Programação:
Quinta (10/03)
19h00 - Confraria: nós, poetas
21h00 - Guilla Gomes
Sexta (11/03)
19h00 - Pinóquio do Acordeon
21h00 -  Anderson Fidellis e cabroeira


Nenhum comentário: