quinta-feira, 9 de março de 2017

Reunião abre caminho para a 30ª Romaria da Terra e das Águas



Representantes de pastorais sociais e religiosos participaram, nesta terça-feira, 7 de março, da primeira reunião preparatória para a 30ª Romaria da Terra e das Águas. A reunião, convocada pela Comissão Pastoral da Terra, marcou a construção da celebração de 30 anos de Romaria.

A edição celebrativa da Romaria pretende reunir cerca de 5 mil romeiros e romeiras da cidade e do campo, nos dias 4 e 5 de novembro, para caminhar rumo à terra sem males, a terra de Zumbi e Dandara. A proposta da organização é refazer o mesmo trajeto, na Serra da Barriga, da primeira Romaria na Terra de Zumbi, realizada em 1988. E para coroar essa grande festa de fé e profecia, o poeta e compositor Zé Vicente já está confirmado.

O aniversário de 30 anos de Romaria tem por objetivo alimentar a espiritualidade do caminhante, preservar a memória de luta do Quilombo dos Palmares, incentivar a luta pela democratização do uso da terra e estimular a prática da justiça, da partilha e da solidariedade.

“A Romaria vai ser esse momento grande e forte para a gente fazer uma bela homenagem à trajetória da CPT e dos camponeses. Será a celebração de toda essa caminhada de homens e mulheres que lutam todo dia por dignidade para gerar vida e esperança”, afirmou o Padre Rogério Madeiro.

Para Rosário de Fátima da Silva, representante das Comunidades Eclesiais de Base, essa Romaria será um momento de integração, resgate da história, partilha e construção. “Vejo essa construção nos alimentar de vigor, esperança e luta, mostrar que não estamos parados e que vamos avançar. Espero que a Romaria toque as minorias que estão excluídas por essa conjuntura e mostre que, unidos, temos força para mudar”, afirmou Rosário.

A reunião deliberou pela criação de duas comissões para facilitar a organização. Uma equipe para preparar o documento de subsídio de cantos, reflexões e músicas da Romaria, com a presença da Irmã Cícera Menezes e de Carlos Lima, coordenadores da CPT, do Irmão João Batista, monge missionário do campo e a Irmã Diene, da congregação Nossa Senhora da Assunção.

A segunda equipe será a responsável pela mobilização da comunidade, que articulará a Romaria no campo e na cidade, visitando as comunidades e estimulando os religiosos e movimento sociais. Essa será composta por pessoas ligadas às Comunidades Eclesiais de Base e a própria CPT.

Sobre Zé Vicente

O convidado especial da 30ª Romaria da Terra e das Águas será o compositor de diversas músicas que são cantadas desde a primeira romaria em Alagoas. Zé Vicente é um artista ligado à Igreja Caminhante. Natural de Orós, Ceará, canta e compõe desde 1981, fazendo de suas músicas instrumento de esperança, luta e transformação.








Nenhum comentário: